Notícias

Reivindicação da Federação

Pressionada, Oi corre atrás da vacina para trabalhadores em Telecom

10/05/2021 - 21h55 - Federação Livre - Redação

Em ofício, a Operadora Oi informou à Federação Livre que está intermediando junto ao Ministério da Saúde a inclusão da categoria de telecomunicações como grupo prioritário na vacinação da Covid-19.

É uma resposta à carta entregue ao presidente da Oi, Rodrigo Abreu, no dia 04 de maio com três reivindicações importantes. Uma delas pede ao presidente “empenho pela rápida vacinação contra o Coronavírus dos os trabalhadores da Oi, da Serede e da Telemont que estão na linha de frente na manutenção e expansão das redes de telecomunicações, arriscando a vida diariamente para manter o país conectado.

No dia seguinte, 05, a Oi enviou uma nova carta, dividindo com o Ministério da Saúde alguns dados e reforçando o pedido de inclusão dos trabalhadores do setor de telecomunicações como grupo prioritário do Plano Nacional de Operacionalização da vacinação contra a Covid-19.

O gerente de Relações Trabalhistas na Oi, Alexandre Barros, informou que este é o terceiro oficio enviado ao Ministério da Saúde. O primeiro foi enviado em 22/01/21.  O segundo, em 16/04/21. Todos os esforços da Oi pela vacinação dos trabalhadores em Telecom estão sendo feitos atendendo a pedidos de vacinação para os/as empregados/as diretos e terceirizados feitos pela Federação Livre.

Pin It on Pinterest

Federação Livre

Federação Livre