Notícias

Empregos, vacina, ajuda de custo

Rodrigo Abreu assume compromissos com a Federação Livre

04/05/2021 - 22h16 - Federação Livre - Tânia Trento

Na manhã desta terça-feira, 4, o presidente e o secretário-geral da Federação Livre, respectivamente, Luis Antônio Souza da Silva (Sinttel-Rio) e Marcelo Beltrão (Sinttel-PE) estiveram reunidos com o presidente da Oi, Rodrigo Abreu. Na pauta temas de interesse de todos os trabalhadores, diretos e indiretos da Operadora. A reunião foi solicitada no dia 15 de abril .

Um documento foi entregue ao CEO da Oi, expressando as preocupações da Federação Livre quanto à reestruturação que a Companhia vem fazendo e como ficam os empregos, quem fica, quem sai; as terceirizadas e seus milhares de trabalhadores. A Livre também reivindica vacina para todos os trabalhadores diretos e terceirizados e ajuda de custo para o home office.

O presidente da Oi assumiu compromissos de discutir em conjunto com a Federação as mudanças que afetarem os trabalhadores.

Eis a carta

Rio de Janeiro, 04 de Maio de 2021

À

Oi SA


Sr. Rodrigo Abreu

PRESIDENTE

Prezado,

Agradecemos sua resposta positiva a nossa solicitação de reunião, pois sabemos como está difícil uma agenda neste momento de implantação do plano estratégico de transformação da empresa, em pleno pico da Pandemia da COVID-19.

E é exatamente sobre estes temas que gostaríamos de lhe transmitir nossas preocupações, pois com a repartição da empresa hoje existente prevista para este ano, precisamos cuidar do futuro dos milhares de trabalhadores envolvidos, já que continuaremos a ser os seus representantes, tanto políticos, quanto legais.

Precisamos de respostas quanto à separação da InfraCo, por exemplo, quem e quantos migram?

Já com relação a Client Co, quem e quantos ficam?

A Oi hoje tem duas enormes prestadoras de serviços na área de rede (Serede e Telemont), qual o futuro delas e de seus milhares de trabalhadores neste processo?

Com a previsão da transferência dos ativos móveis neste segundo semestre, quem e quantos trabalhadores serão transferidos em conjunto?

Sabemos que em novembro próximo haverá uma renegociação, nas suas cláusulas econômicas, do atual Acordo Coletivo de Trabalho. Como se dará sua abrangência?

Por fim, fazemos questão de insistir em três questões absolutamente fundamentais:

1 – Em qualquer caso de readequação ou realocação de pessoal em número significativo que esta Presidência se comprometa em buscar soluções conjuntas com esta Federação;

1 – Faz-se necessário encontrar uma solução para remuneração extraordinária dos trabalhadores em home office ou teletrabalho;

3- Reiteramos que esta Presidência se empenhe pela rápida vacinação contra o Coronavírus dos os trabalhadores da Oi, da Serede e da Telemont que estão na linha de frente na manutenção e expansão das redes de telecomunicações, arriscando a vida diariamente para manter o país conectado.

Atenciosamente,

Luis Antonio Souza da Silva                                                                      Marcelo Beltrão
               PRESIDENTE                                                                                SECRETÁRIO-GERAL

Os diretores da Livre gravaram um vídeo ao final da reunião fazendo um resumo do que foi tratado com o presidente Rodrigo Abreu.

 

Pin It on Pinterest

Federação Livre

Federação Livre